Um dos criminosos mais procurados de Minas Gerais foi preso pela polícia em Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Conhecido por ser chefe de uma quadrilha acusada de matar dois advogados em Belo Horizonte, Luiz Henrique Nascimento do Vale, ou Totó, estava foragido desde dezembro de 2017, quando teria fugido do complexo penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de BH.

A informação da detenção foi confirmada pela Polícia Civil. Outros detalhes sobre a captura do suspeito ainda não foram repassadas. Além de assassinatos, ele também é investigado por chefiar roubos de carros e gerenciar o tráfico de drogas nas regiões Nordeste e Noroeste da capital. 

Fuga

Suspeito de cometer mais de 20 assassinatos e condenado a 53 anos de prisão, Totó teria deixado a prisão pela porta da frente. A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) e a Polícia Civil chegaram a afirmar, na época, que abririam sindicâncias para apurar a soltura irregular do bandido a partir de um alvará de soltura expedido pela Justiça. A dúvida era se o documento era falso. Procuradas pela reportagem, a Seap e a Polícia Civil ainda não responderam sobre o resultado das sindicâncias. 

Leia mais:

Líder de uma das quadrilhas mais perigosas de Minas é o principal alvo em operação com 12 presos
Polícia apura 'fuga' de líder de quadrilha pela porta da frente de penitenciária