Minas já registra 55 mortes decorrentes das chuvas desde a última sexta-feira (24). De acordo com boletim da Defesa Civil, divulgado na noite desta quarta-feira (29), o número de pessoas fora de suas casas já passa de 53 mil, sendo 44.929 desalojados e 8.259 desabrigados.

O registro mais recente de morte foi em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um homem de 45 anos morreu soterrado durante a tempestade dessa terça-feira (28). Ainda segundo o boletim, 65 pessoas ficaram feridas e uma está desaparecida em Conselheiro Lafaiete, na região Central do Estado. 

Veja imagens da chuva em BH:

Até agora, 101 cidades decretaram situação de emergência e cinco estão em estado de calamidade pública. Para esses municípios, o governador Romeu Zema (Novo) anunciou uma série de medidas de apoio. Entre elas está o adiantamento do pagamento do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e corresponderá às parcelas de fevereiro e março, sendo que a de janeiro será paga no próximo dia 31.

“Cairá na conta das prefeituras R$ 336 milhões e anteciparemos os pagamentos de fevereiro e março para os municípios que tem decreto de situação de emergência reconhecido pelo Estado. Lembrando que a grande execução das tarefas está a cargo dos prefeitos, mas o que está ao nosso alcance estamos fazendo, principalmente por meio da Defesa Civil”, afirmou Zema.