A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) voltou a afirmar nesta terça-feira (4) que vai acionar a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) na Justiça por não ter permitido a reabertura do setor na próxima quinta-feira (6), quando a fase 1 do plano municipal será colocada em prática. Presidente da entidade, Paulo Solmucci disse que o processo já está pronto.

A batalha nos tribunais deve começar assim que o decreto do Executivo for publicado. No mês passado, a Abrasel já tinha feito ação semelhante. Uma liminar favorável foi concedida em 20 de julho, mas cassada dois dias depois.

Pelo plano de retomada, bares e restaurantes da capital só poderão reabrir na fase 2. Os empresários defendem a volta das atividades ainda na primeira etapa.

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 acredita que esses locais podem facilitar a transmissão do novo coronavírus. Por sua vez, a Abrasel afirma que o transporte público é um ambiente com mais potencial para a infecção ocorrer.

Leia mais:
Cerca de 35 mil comércios devem abrir as portas a partir da próxima quinta-feira em BH
Kalil decide reabrir o comércio em BH a partir desta quinta-feira; veja como será o funcionamento