O corpo do estudante de direito Sandro Correia Damasceno Moreira, de 22 anos, está sendo velado na Faculdade de Direito do Vale do Rio Doce (Fadivale), em Governador Valadares, desde às 18h desta terça-feira (19). O jovem foi a única vítima fatal do acidente envolvendo o ônibus que trazia 51 estudantes da escola de direito da Fadivale dos jogos regionais disputados na cidade de Montes Claros, no Norte de Minas, na madrugada desta segunda (18).

Moreira será enterrado nesta quarta, no Memorial Park, às 10h, em Valadares. O pai da estudante foi quem confirmou o falecimento dele, que sofreu múltiplas fraturas. Um outro jovem, também de 22 anos, está internado na Santa Casa de Diamantina, na região Central do Estado, em estado grave. Os demais feridos já receberam alta.

Em nota, a Fadivale afirma que enviou um representante à cidade de Serro, onde o acidente ocorreu, e Diamantina para acompanhar as famílias e os desdobramentos do caso, apesar de não ser a responsável pelo transporte dos estudantes — os Jogos Jurídicos são organizados pelas atléticas estudantis —. A Polícia Civil informou que investiga as causas do tombamento do ônibus.

Sandro Correia Damasceno Moreira tinha 22 anos e cursava direito na FADIVALE
Sandro Correia Damasceno Moreira tinha 22 anos e cursava direito na Fadivale

Chuva

Os estudantes que estavam no veículo contaram à Polícia Civil que chovia no momento em que o coletivo tombou, em um trecho conhecido como Morro do Paiol, no KM 416 da MGC-259, na cidade de Serro. O motorista disse aos peritos que o sistema de freios apresentou um problema e, por isso, ao fazer uma curva, ele acabou tombando o veículo.

A reportagem do Hoje em Dia não conseguiu contato com o motorista responsável pelo ônibus que levava os estudantes. Em nota, a Atlética Fadivale lamentou o ocorrido e agradeceu "todo o apoio e gesto de solidariedade que vem recebendo".

Leia Mais:
Ônibus com estudantes de Governador Valadares tomba na BR-259