O combate às chamas na Serra da Moeda, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), segue pelo quarto dia seguido nesta terça-feira (15). 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, 35 militares e 27 brigadistas atuam no local. Até essa segunda-feira (14), o fogo já havia devastado uma área correspondente a 4,2 mil campos de futebol.

O trabalho exige grande esforço da corporação, que também atuou durante a madrugada. Já nesta manhã, o combate foi iniciado às 6h50, com um sobrevoo para reconhecimento da área destruída, planejamento das ações e embarque das equipes em três frentes de combate. 

Além da atuação dos militares, a ação conta com brigadistas da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (AMDA), do Instituto Estadual de Florestas (IEF) e do Grupamento Civil Ambiental (GCA).

O incêndio na Serra da Moeda teve início na sexta-feira (11), mas os militares foram acionados apenas no sábado (12). Entre as dificuldades do trabalho no local estão o terreno acidentado, as altas temperaturas, a baixa umidade e a prevalência de ventos, que aceleram a propagação do fogo.