A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) informou nesta sexta-feira (13) que suspendeu todos os eventos acadêmicos, mas vai manter as aulas na universidade ao mesmo tempo em que intensificou a divulgação de informações sobre prevenção à Covid-19.

O número de casos em investigação para coronavírus (Covid-19) em Belo Horizonte subiu 17% em um dia, chegando a 123 pessoas nesta sexta-feira. Ao todo, Minas tem 307 casos em análise para a doença. Os dois casos  confirmados são de duas mulheres, uma em Divinópolis, no Centro-Oeste, e outra em Ipatinga, no Vale do Aço. Ambas pacientes retornaram de viagens ao exterior. Os casos descartados chegam a 69.

"Atividades acadêmicas como congressos, simpósios, cerimônias de formatura, posse e entrega de títulos honoríficos, eventos comemorativos, científicos, artísticos, culturais e esportivos, reuniões de órgãos colegiados estão suspensas e não deverão ser reprogramadas até que se reestabeleça a normalidade". diz o comunicado. 

Segundo a universidade, as aulas estão mantidas em todos os níveis, ou seja, ensino básico, cursos de graduação, pós-graduação e extensão universitária. 

No caso das atividades de extensão, aquelas voltadas para a comunidade, a nota recomenda cuidado redobrado, evitando ao máximo a exposição a aglomerações, de participantes com mais de 60 anos e pessoas que integram os grupos vulneráveis, segundo definição do Ministério da Saúde, mais suscetíveis a complicações. 

Em relação a quem estava no exterior, a recomendação da UFMG é para que as pessoas trabalhem ou estudem de casa. "Servidores docentes e técnico-administrativos em educação, trabalhadores terceirizados e estudantes recém-admitidos no Brasil, vindos de qualquer país, a partir das duas últimas semanas em diante, não devem comparecer às suas atividades nos espaços da Universidade, por 14 dias". 

A reitora Sandra Regina Goulart Almeida explicou que as medidas estão alinhadas às definições do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação "que estabelecem as medidas de prevenção, proteção e enfrentamento da pandemia. São cuidados que visam a garantir a saúde coletiva e o funcionamento da Universidade em condições seguras".

Conforme a nota da universidade, os serviços de limpeza vão ser intensificados "visando a maximizar a eficácia de desinfecção de espaços favoráveis ao contágio, com especial atenção aos locais mais sensíveis, como as áreas nas quais ocorrem práticas de saúde". A comunidade também está orientada a intensificar a higienização das mãos com sabão e álcool gel. Mais suprimentos para tal fim estão sendo adquiridos e a universidade está trabalhando na divulgação de informações para o convívio social diante do quadro". 

Além disso, a reitoria pede que casos suspeitos da doença sejám comunicados o mais rápido possível ao Comitê Permanente. Os contatos para notificações e dúvidas são : comitecoronavirus@ufmg.br e (31) 3409-4432.