De um dia para o outro, o número de casos em investigação para coronavírus (Covid-19) em Belo Horizonte subiu 17%, chegando a 123 pessoas nesta sexta-feira (13). Ao todo, Minas tem 307 em análise para a doença e duas mulheres já confirmadas nas cidades de Divinópolis, no Centro-Oeste, e Ipatinga, no Vale do Aço. Ambas pacientes retornaram de viagens ao exterior. Os casos descartados chegam a 69.

Os dados foram divulgados na tarde desta sexta pelo boletim diário da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Enquanto os casos investigados em BH subiram 17%, Minas registrou avanço menor, com 6% de crescimento, passando de 289 nessa quinta para 307 nesta sexta. Veja todos os dados aqui.

Conforme a SES, o número de municípios com pessoas sob investigação também subiu, saltando de 48 para 54. As cidades com maiores números de casos suspeitos têm se mantido ao longo dos dias. BH lidera, com 123 pessoas. Em seguida, vêm Uberlândia (24), no Triângulo Mineiro; Contagem (17), Nova Lima, na Região Metropolitana de BH, e Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, ambas com 11 casos cada. Betim, na Grande BH, tem 6 casos.

Casos no Brasil

O número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) chegou a 98 nesta sexta-feira. Segundo o Ministério da Saúde, foram 21 pessoas infectadas a mais do que o último dado, anunciado na quinta-feira. Os casos suspeitos aumentaram para 1.485. Os descartados ficaram em 1.344.

No país, os epicentros do surto são os estados de São Paulo e Rio de Janeiro que têm, respectivamente, 56 e 16 casos confirmados. Veja mais dados aqui.

Leia mais:
Em BH, escola italiana suspende aulas até o fim do mês em prevenção ao coronavírus
Por dentro do seu direito: confira orientações de planos de saúde sobre coronavírus
Brasil tem primeiros casos de transmissão de coronavírus sem identificação da fonte