CTI da Maternidade Odete Valadares, infestado de formigas, será reformado

Rosiane Cunha
rmcunha@hojeemdia.com.br
08/05/2018 às 21:12.
Atualizado em 03/11/2021 às 02:44
 (AsthemgReprodução)

(AsthemgReprodução)

O Centro de Terapia Intensiva (CTI) neonatal da Maternidade Odete Valadares vai passar por uma reforma a partir de julho deste ano. A informação é do vice-presidente da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Alcy Moreira dos Santos Pereira, que participou de uma audiência na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), sobre os problemas na unidade, nesta terça-feira (8). Em março deste ano foram divulgadas imagens que mostraram formigas andando no rosto de um recém-nascido, internado na unidade.

Segundo Alcy Pereira, o CTI deve ser transferido para um local provisório e a retirada dos armários e o acesso aos dutos de energia devem ajudar no combate aos insetos. Ainda segundo Pereira, a intervenção estava planejada desde 2017, mas ações como a vigilância permanente do CTI foram tomadas após a divulgação do vídeo com os insetos  sobre um bebê.

As reivindicações dos trabalhadores e as dificuldades recorrentes na área da saúde também foram tratadas na reunião, mas o governo descartou reajustes salariais, em função dos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por