A décima vítima da tragédia em Capitólio ocorrida no último sábado (8) foi identificada na tarde desta segunda (10). Trata-se de uma mulher chamada Carmen Pinheiro da Silva, de 43 anos, natural de Cajamar (SP). Com isso, os 10 mortos após o deslizamento de rocha no Lago de Furnas foram reconhecidos.

As vítimas estavam juntas na lancha batizada de Jesus e que foi diretamente atingida pela rocha que se desprendeu do paredão.

De acordo com a Polícia Civil, as ações de identificação dos corpos foram realizadas em parceria com a Polícia Federal a partir de datiloscopia, técnica que usa impressões digitais para reconhecimento da vítima. Um inquérito foi instaurado para investigar as causas da tragédia e as investigações seguem em curso.

Veja a identificação das 10 vítimas da tragédia:

  • Carmen pinheiro da silva, 43 anos, natural de Cajamar (SP)
  • Geovany Gabriel Oliveira da Silva, 14 anos, natural de Alfenas (MG);
  • Geovany Teixeira da Silva, 38 anos, natural de Itaú de Minas (MG);
  • Tiago Teixeira da Silva Nascimento, 35 anos, natural de Passos (MG).
  • Rodrigo Alves dos Anjos, 40 anos, natural de Betim (MG).
  • Júlio Borges Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis (MG), 
  • Camila Silva Machado, de 18 anos, natural de Paulínia (SP) e 
  • Mykon Douglas de Osti, de 24 anos, natural de Campinas (SP). 
  • Sebastião Teixeira da Silva, de 64 anos, natural de Anhumas (SP) 
  • Marlene Augusta Teixeira da Silva, de 57 anos, natural de Itaú de Minas (MG)

Leia mais:
Risco de colapso: barragem da usina do Carioca transborda pelas laterais e tem infiltrações na base
Situação das barragens está 'sob controle' em Minas, diz Romeu Zema