A demolição do edifício In Cairo, que tombou em 17 de novembro, no bairro Ponte Alta, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, está prevista para começar na manhã desta quinta-feira (26), informou a Defesa Civil do município. 

Inicialmente, o processo estava marcado para quarta-feira (25). Porém, a ação precisou ser adiada pois a prefeitura solicitou à empresa contratada uma substituição no maquinário que será usado.

“A empresa contratada para demolição nos apresentou um equipamento. Após análise do equipamento, verificamos que não havia segurança para o operador. Em virtude disso, solicitamos substituição da máquina e isso acarretou em uma demora”, afirmou Walfrido Assis, superintendente de Defesa Civil.

Conforme o executivo municipal, a Cemig esteve no local para fazer um mapeamento de quais regiões ficarão sem energia quando a eletricidade no entorno do prédio for desligada. Os moradores dessas regiões serão avisados do desligamento temporário da luz. Copasa e Corpo de Bombeiros também devem acompanhar o processo de demolição do edifício.

Tombamento

O laudo técnico emitido pela Secretaria de Ordenamento Territorial e Habitação de Betim (Sorteh), na quarta-feira, não identificou as causas do tombamento do prédio já que os técnicos não tiveram acesso ao interior do imóvel por conta da instabilidade da estrutura. A vistoria precisou ser feita a partir de casas vizinhas e com auxílio de drones. 

Após a demolição, será necessário manter os escombros do edifício para que a perícia possa atuar e apurar os motivos do colapso parcial.

Leia mais:
Laudo confirma alto risco de desabamento, mas não identifica causas do tombamento de prédio em Betim
Demolição do prédio que tombou em Betim é adiada para esta quinta-feira