Um detento de 48 anos foi encontrado morto dentro de uma cela do pavilhão 1 do complexo penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH, na manhã desta quinta-feira (5). De acordo com o boletim de ocorrência, o colega de cela teria percebido que o homem não estava respirando e gritou por socorro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e a morte foi constatada pelo médico. A Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que, quando os agentes penitenciários entraram na cela, o preso já estava sem os sinais vitais.

A cela foi isolada para perícia e o corpo encaminhado ao IML para realização da autópsia. "A direção da unidade instaurou um Procedimento Interno de Investigação para apurar administrativamente o ocorrido", destacou a Sejusp.

A Nelson Hungria voltou a ser interditada no dia 8 de agosto pelo juiz Wagner Cavalieri, da Vara de Execuções Criminais de Contagem, por apresentar diversos problemas, como superlotação e uso de celulares por parte de detentos. 

Leia mais:
Detentos filmam agentes penitenciários atirando balas de borracha na Nelson Hungria; assista
Relatório do TJMG mostra que mais de 40% das cadeias mineiras estão impedidas de receber presos
Nelson Hungria tem tentativa de fuga, preso com perna quebrada e dupla com drogas nas partes íntimas