Dois jovens apontados como os principais suspeitos de atirar contra uma mulher no Mirante do Mangabeiras, na última quarta-feira (11), foram detidos fazendo arrastão no bairro Santa Lúcia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, na madrugada desta sexta-feira (13).  A dupla, conforme a Polícia Militar, estava em um veículo que havia sido roubado no dia da tentativa de homicídio.

De acordo com o cabo Lima, do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam), um adolescente de 17 anos e um rapaz de 20 foram abordados pela corporação após denúncia de vários roubos na avenida Prudente de Morais. A PM foi até o local e, ao visualizar a aproximação da viatura, os suspeitos fugiram em um Ônix preto, que havia sido roubado de um motorista de aplicativo. 

Houve perseguição por diversas ruas da capital e a dupla só parou após estourar o pneu do veículo, ao bater em um meio-fio. O acidente aconteceu no trevo de Sabará, na Grande BH. Com os jovens, os militares apreenderam três réplicas de arma e um revólver. 

Na delegacia de Sabará, de acordo com o cabo Lima, a dupla confessou que atirou na mulher que estava no Mirante Mangabeiras durante uma tentativa de assalto. Eles também revelaram que, após o crime, solicitaram uma corrida por aplicativo e roubaram o veículo do motorista. 

O caso será investigado pela Polícia Civil.

4f9d46c7-aa71-4f98-9994-e81901fa7f7d.jpgCarro utilizado no crime havia sido roubado e foi apreendido

Leia mais:
 Mulher é baleada em tentativa de assalto no Mirante Mangabeiras