O ex-chefe de gabinete de Alexandre Kalil (PSD), Alberto Lage, entregou à CPI da Covid-19, na Câmara Municipal, áudios do prefeito sugerindo que empresários de ônibus de Belo Horizonte estão pagando a defesa do ex-presidente da BHTrans, Célio Bouzada. A divulgação do material foi feita em sessão de acareação na manhã desta quinta-feira (21).

A defesa de Bouzada é feita pelo escritório de Hermes Vilchez Guerrero, que foi designado nesta quinta-feira (21) para o Conselho de Ética Pública da prefeitura.

Em um dos áudios, o prefeito aconselha Lage a não depor contra Bouzada, pois empresários de ônibus poderiam pagar advogados para que o ex-chefe de gabinete fosse acionado na justiça. Lage fez críticas à gestão de Bouzada na CPI da BHTrans, em agosto.

“O que você ganha se você for lá e esculachar? Você foi mal assessorado. Vai chegar para ele: vem cá amigo, vem cá no tribunal e fala como você foi mal assessorado. E o cara tá preparando uma peça dessa desse tamanho, para pagar R$ 1 milhão para advogado. Aí eles rateiam lá, dá cem mil para cada um”, diz o prefeito no áudio.

Em depoimento, Lage afirma que o prefeito se referiu a Joel Paschoalin (presidente do sindicato das empresas de ônibus), Marcelo Santos (da empresa Trancid) e os irmãos Rubens e Robson Lessa (do grupo Saritur) como responsáveis pelo pagamento da defesa de Bouzada.

Em outro áudio, Kalil afirma que o presidente da CPI da BHTrans, o vereador Gabriel Azevedo (sem partido), o ligou com medo quando soube que Célio Bouzada consultava Hermes Guerrero para sua defesa. Perguntado pelo parlamentar sobre quem pagava o advogado para o ex-presidente da BHTrans, o prefeito respondeu: “Não sei, eu não sou, Gabriel”;

Kalil se ofereceu para participar da sessão da CPI, mas os vereadores não permitiram a presença do prefeito, alegando ser necessário apresentar um requerimento para ser ouvido.

Veja o áudio na íntegra:

Leia também:
Familiares relembram mil dias da tragédia de Brumadinho e fazem manifestação em BH; entenda
Tanqueiros anunciam greve em Minas; grupo faz manifestação em Betim nesta quinta