A Polícia Civil realiza, na manhã desta quarta-feira (22), operação para desarticulação de quadrilha especializada em furto de ouro na região de Paracatu, no Noroeste de Minas. Ao todo, a corporação cumpre 14 mandados de prisão preventiva e 27 de busca e apreensão. 

Na mesma cidade, a PC acompanha o caso de um homem que matou a ex-namorada e outras três pessoas

De acordo com os agentes, 70 policiais civis do 16º Departamento de Polícia Civil em Unaí, na mesma região, estão empenhados no trabalho, que é coordenado pelo Delegado Regional de Polícia Civil em Paracatu, Tiago Veiga Ludwig. 

Segundo apurou a investigação, o grupo atua na mineradora local. De forma ilegal, os suspeitos extraíam o ouro in natura do solo, o levavam até beneficiadores e a donos de joalheiras, que comercializavam o metal precioso furtado indevidamente.

De acordo com os agentes, 70 policiais civis do 16º Departamento de Polícia Civil em Unaí, na mesma região, estão empenhados no trabalho, que é coordenado pelo Delegado Regional de Polícia Civil em Paracatu, Tiago Veiga Ludwig. 

Leia mais:
Vídeo mostra atirador invadindo igreja antes de matar fiéis em Paracatu; assista
Populares tentaram invadir hospital que autor de massacre em Paracatu está internado
Homem mata a ex-namorada, invade igreja evangélica em Paracatu e abre fogo contra fiéis