Os alunos que desejam uma das 237 mil vagas disponíveis em 128 universidades federais no Brasil começaram a se inscrever, na madrugada desta terça-feira (21), no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e já precisam exercitar a paciência: o site, segundo o relato de estudantes, ficou fora do ar durante as primeiras horas de funcionamento. A situação, no entanto, foi normalizada ainda na madrugada. 

Esse, porém, não é o único transtorno que acompanha essa fase do processo seletivo. Isso porque o Sisu, que utiliza o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como critério de seleção para vagas no ensino superior, teve seu período de cadastro estendido para as 23h59 de domingo (26), devido aos erros encontrados nas correções do Enem. 

Por essa razão, o Sisu é o segundo assunto no Trending Topics do Twitter, ou seja, no ranking de temas mais discutidos no microblog, com mais de 193 mil publicações. Entre os posts mais populares, estão reclamações de que o site exibe mensagens de erro e lentidão.

sisu

Camila e Geovanna almejam vaga em medicina em federais mineiras

A belo-horizontina Geovanna Morais, de 20 anos, moradora do Teixeira Dias, no Barreiro, quer se inscrever no Sisu para estar na lista de espera para o curso de medicina nas federais de Minas. Isso porque, segundo ela, sua nota no Enem neste ano poderá não ser suficiente para o ingresso. "Já estou olhando cursinho, mas quero estar inscrita, também. Estou tentando já quase duas horas e não consigo. Dá erro no sistema e sai a inscrição, sai da página", contou.

Já a candidata Camila Salles, de 29 anos, moradora de Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, conseguiu se inscrever com tranquilidade, por volta das 6h40 desta terça-feira. "Não tive nenhum problema. Não sei como está agora, mas mais cedo estava bom", contou a estudante, que está com expectativa positiva de ser chamada na lista de espera para o segundo semestre de 2020 em medicina na UFMG.

Em contrapartida, o atual ministro da Educação, Abraham Weintraub, utilizou a mesma plataforma para afirmar que o Sisu está funcionando normalmente e aproveitou para relembrar que cada aluno pode se inscrever, se quiser, em dois cursos diferentes. O ministro também desejou boa sorte aos candidatos.

Veja abaixo algumas das postagens de estudantes: