Menos de uma semana após o desaparecimento do jornalista e âncora esportivo da Rádio Itatiaia Bruno Teodoro Azevedo, de 37 anos, a Polícia Civil (PC) encerrou as buscas após a família informar a localização dele, na noite de terça-feira (5). A informação foi confirmada ao Hoje em Dia pela assessoria de imprensa da Delegacia Especializada de Localização de Pessoa Desaparecida, na tarde desta quarta-feira (6).

A instituição policial não divulgou mais detalhes sobre o caso, mas confirmou que os familiares de Bruno garantiram que conseguiram contato e que ele está vivo. Procurada pela reportagem nesta quarta, a Rádio Itatiaia informou que não iria se manifestar sobre o caso. 

Âncora esportivo da Rádio Itatiaia está desaparecido
O jornalista teria desaparecido na manhã do dia 31 de outubro e, seis dias depois, famílias disse tê-lo encontrado

O desaparecimento foi registrado pelo pai dele pouco após seu sumiço, ocorrido na manhã do último dia 31 de outubro. Uma carta foi deixada supostamente por ele com alegação de que estaria com uma dívida milionária. Na semana após o desaparecimento, familiares e amigos tentaram falar com o jornalista por telefone e por meio de mensagens em redes sociais, mas ninguém havia conseguido contato.

A Rede Itatiaia divulgou uma nota na manhã de sábado (2) em apoio aos familiares do âncora. Confira na íntegra:    

“A Rede Itatiaia informa que não trará a público detalhes de cunho particular a respeito do 'suposto desaparecimento voluntário' de Bruno Teodoro Azevedo, nosso colaborador e amigo. Mantendo seu princípio de prestadora de serviço, a emissora garante toda assistência à família, respeitando seu direito a optar pela privacidade, enquanto as medidas legais estão sendo tomadas”. 

Leia mais:
Polícia investiga desaparecimento de jornalista de rádio em BH; ele deixou carta para a família
Ex-mulher de policial é encontrada morta dentro de casa; militar está desaparecido
Aos 46 anos, mulher descobre que 'pai' a sequestrou ainda bebê