A fumaça dos incêndios que ocorrem no Pantanal nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul pode chegar a Minas Gerais e a Belo Horizonte nesta semana. A possibilidade, que poderá deixar o céu alaranjado, é acompanhada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e dependerá da mudança dos ventos no Brasil.

De acordo com o meteorologista do Inmet, Cleber Souza, a predominância de ventos em Minas, na atualidade, é de corrente originária do Nordeste brasileiro. No entanto, uma frente fria que está no Rio Grande do Sul poderá alterar as rotas de ventos na região Central do país, trazendo nuvens e fumaça da região Centro-Oeste para o Sudeste.

Segundo o especialista, há indicação de que a fuligem proveniente das queimadas no Pantanal cheguem a São Paulo no fim desta quinta-feira (17), alcançando as regiões do Sul de Minas e Triângulo Mineiro entre sexta (18) e sábado (19).

"Em Belo Horizonte, se ela se confirmar, será entre sábado (19) e domingo (20)", explicou. O fenômeno, porém, não deverá ser tão forte quanto o ocorrido em outubro do ano passado, quando a cidade ficou coberta por uma névoa de fumaça.

Céu alaranjado

Conforme o meteorologista, o cenário de céu alaranjado, visto na Califórnia (EUA), na última semana, poderá aparecer em Minas a partir de sexta-feira. Segundo ele, a coloração do céu é a primeira evidência de que a fumaça está chegando na região.

"O céu laranja é a poluição, fumaça, que é vista a olho nu quando a radiação solar 'bate' na fuligem", explicou. Conforme o especialista do Inmet, o fenômeno é visto sempre nos horários em que o sol nasce ou se põe. 

Chuvas

O instituto atualizou, nesta quarta, a previsão para a chegada de chuvas em Minas Gerais. Segundo o Inmet, a frente fria que está no Rio Grande do Sul deverá chegar no sábado a Minas, provocando precipitação no Sul, Zona da Mata e Campo das Vertentes.

No domingo, com o avanço do sistema, poderá haver chuvas em Belo Horizonte. Em seguida, a frente fria deverá ocasionar chuva no Triângulo e no Oeste de Minas. "Pode haver chuva entre sábado (19) e quarta-feira (23) em Minas", explicou Cleber Souza.

A primavera começará na próxima terça (22), às 10h31.

Incêndio no Pantanal

O fogo atinge o Pantanal há meses, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Ao todo, foram registrados 14.489 focos de incêndio na região, entre janeiro e o último domingo (13).

O número é muito maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando houve 4.699 focos. De acordo com informações da Agência Brasil, a estiagem e os incêndios têm destruído o Pantanal, secando rios, alterando a paisagem em Mato Grosso do Sul e no Mato Grosso e com fumaças encobrindo a paisagem.