Às véspera do esperado show de Sandy e Junior em BH, que acontece neste sábado (17) na Esplanada do Mineirão, fãs da dupla relatam nas redes sociais que foram vítimas de um golpe ao tentar comprar ingressos que estavam sendo anunciados na internet. As entradas vendidas oficialmente pelo site Ingresso Rápido se esgotaram em poucas horas

Ainda em julho, a fã da dupla, Artemis Mendes, moradora de Belo Horizonte, se deparou com uma mulher anunciando o ingresso em uma das páginas do evento no Facebook. 

"Eu estava procurando o ingresso e vi o anúncio de uma mulher chamada Jéssica vendendo o ingresso por R$ 350. Mandei mensagem pra ela e começamos a conversar. Tive cuidado de entrar no perfil dela e vi que estava escrito que ela estudava na UFMG, tinha muitas fotos e muitos amigos, inclusive, fotos com mais de 100 curtidas, parecia real", relata. 

A conversa pelo chat do Facebook migrou para o WhatsApp e o combinado era que Artemis iria depositar metade do valor para Jéssica e, quando recebesse os ingressos pelo e-mail, depositaria a outra metade.

O problema é que Jéssica, na verdade, era um homem de 20 anos, morador de São Paulo, e nunca teve ingressos para vender. Artemis depositou R$ 175,00, o valor combinado, e "Jéssica" passou a demorar para responder. A conta que havia passado estava no nome de um homem, e ela disse que era de seu noivo. 

Quando descobriu que havia caído em um golpe, Artemis foi procurar saber a identidade real do golpista e descobriu o contato de sua mãe e, assim, seu endereço em São Paulo. Mesmo pedindo para que ele devolvesse o dinheiro, nunca conseguiu reaver o valor. 

"Registrei um boletim de ocorrência mas não há muito a ser feito, já que ele mora em São Paulo. Fiquei no prejuízo", lamenta. Ela ainda fala que devia ter tomado outros cuidados além de conferir o perfil que anunciou o ingresso, como falar com a pessoa pelo telefone, pedir foto do ingresso e conferir se o nome na entrada era o mesmo que estava anunciando. 

Como Artemis, muitas pessoas relataram que foram vítimas do golpe nas redes sociais. E o  jeito de agir dos golpistas é semelhante. Eles anunciam o ingresso, combinam o pagamento e quando a vítima faz o depósito ou transferência, "somem", muitas vezes, até excluindo o perfil na rede social ou bloqueando a pessoa no WhatsApp. 

"Pessoal, gostaria de denunciar os dois golpistas abaixo. A primeira anunciou a venda do ingresso e o segundo entrou em contato comigo. Transferi o dinheiro para a conta que ele pediu, depois me bloqueou", relatou uma participante do grupo "Bonde dos sem ingressos - Sandy e Junior". 

A assessoria da Ingresso Rápido, vendedora oficial dos ingressos para o show do Sandy e Junior em BH, emitiu algumas recomendações para evitar este tipo de golpe, como comprar o ingresso sempre pelo canal oficial de vendas e não adquirir bilhetes em grupos de redes sociais e nem sites de revenda ou qualquer canal que não seja o oficial, "pois não há garantia de que aquele ingresso é verdadeiro".

"A Ingresso Rápido recomenda que o consumidor sempre compre seu ingresso no canal oficial de vendas. O ingresso tem diversos itens de segurança, mas caso o consumidor não compre no canal oficial de vendas ele pode ser enganado com uma 'cópia' de um código de barras, que é difícil ele por si só conseguir reconhecer se é fraudulento ou não", conclui o comunicado. 

Leia mais:

Fãs revelam loucuras para assistir a show de Sandy & Junior em BH
A 13 dias do show, exposição interativa de Sandy e Junior chega a BH; veja fotos