O governador Romeu Zema (Novo) anunciou, nesta quinta-feira (15), em entrevista coletiva na Cidade Administrativa, que os municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte vão avançar para a Onda Vermelha do Minas Consciente. A decisão acontece após melhoras nos índices epidemiológicos da Covid-19 na Grande BH. A mudança deve começar a valer neste sábado (17).

As macrorregiões de Saúde Norte, Sul, Sudeste e Jequitinhonha e as microrregiões de Curvelo e Manhuaçu também poderão aderir ao nível vermelho do plano estadual após aprovação do Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que se reúne semanalmente para avaliar a situação da pandemia no Estado. Com a decisão, metade de Minas ficará na Onda Vermelha, enquanto o restante seguirá na Roxa por pelo menos mais uma semana. 

“Obtivemos melhorias de indicadores, o que possibilitou as decisões técnicas por parte da Secretaria de Saúde. Mas é preciso lembrar que estamos longe de ter conforto. Ainda temos um sistema hospitalar sobrecarregado, os profissionais de saúde estão cansados e as vagas são poucas”, afirmou Zema. 

O gestor ainda reforçou a necessidade da população se manter em alerta mesmo com as mudanças. “Dobramos o número de leitos de UTI e de enfermaria em Minas Gerais, mas o aumento de casos nessa segunda onda exige toda cautela”, completou.

Evolução

O isolamento e as medidas restritivas da Onda Roxa geraram resultados positivos nas macrorregiões que poderão progredir para a vermelha. Segundo o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, a incidência da doença em algumas regionais segue alta, o que indica a necessidade de manutenção da fase mais restritiva em algumas localidades.

“Em algumas regiões, qualquer variação no número de casos pressiona o sistema de saúde. Mas a progressão decidida pelo comitê leva em consideração a chegada de medicamentos (sedativos do kit intubação), o que nos dá uma melhor perspectiva no atendimento. E pela primeira vez em um mês temos macrorregiões com leitos vagos, o que permitirá a movimentação de pacientes”, concluiu.

Leia mais:

Governo de Minas deve anunciar mudanças na Onda Roxa nesta quinta-feira
Com 469 óbitos confirmados em 24h, mortes por Covid chegam a 29 mil em Minas
Estoque do kit intubação para pacientes graves da Covid-19 tem nível crítico no SUS em BH