A Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH registrou, na noite de quarta-feira (16), o quinto ônibus incendiado por vândalos em apenas oito dias. O último ataque, conforme a Polícia Militar, ocorreu na rua 41, no bairro Pedra Branca, em Ribeirão das Neves.

No local, quatro homens, sendo um deles com uma submetralhadora, ordenaram que o motorista e aproximadamente dez passageiros desembarcassem. Depois de atravessar o coletivo na via, para bloquear o tráfego, o bando ateou fogo no veículo.

Antes de fugirem em direção a um aglomerado da região, os suspeitos entregaram um bilhete com a seguinte mensagem: "revolta dos moradores pela prisão forjada pelo roubo de celular". Ninguém se feriu na ocorrência.

Destruição 

As chamas se alastraram e destruíram completamente o ônibus da linha 607 (Pedra Branca/Estação Vilarinho). O fogo também atingiu a rede elétrica e alguns moradores ficaram sem luz. De acordo com o Corpo de Bombeiros, foram necessários 4 mil litros de água para controlar o incêndio.

Os militares também atuaram para barrar o vazamento de combustível do coletivo. A perícia esteve no local e, até o momento, nenhum suspeito do crime foi preso.

Por causa do ataque, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setra-BH) determinou que os ônibus nas estações Vilarinho e Venda Nova só circulassem no início da manhã desta quinta-feira (17), a partir das 6h. A medida foi adotada, conforme o sindicato, para garantir a segurança dos operadores do transporte público e dos passageiros.

Ataques

A onda de ataques contra coletivos começou no dia 9, quando um ônibus foi incendiado no bairro Jardim Vitória. No dia seguinte, outro veículo foi queimado no mesmo bairro. No sábado, um ônibus foi destruído pelo fogo no Jardim Felicidade e, na última terça-feira (15), o ataque ocorreu em Vespasiano.

Por causa da escalada da violência, a circulação dos ônibus foi afetada nas estações São Gabriel, Vilarinho e Venda Nova, que fecharam mais cedo.

Leia mais:
Dupla é presa suspeita de atear fogo em ônibus no bairro Jardim Vitória, em BH
Passageiros em risco: ataques a ônibus na Grande BH podem impactar ainda mais o serviço na pandemia
Operação da PM visa a combater ataques a ônibus na Grande BH
Pelo segundo dia seguido, circulação de ônibus será encerrada mais cedo na estação São Gabriel
Estação São Gabriel retoma atendimento após ser fechada por causa de incêndios a ônibus
Ônibus é queimado no Jardim Vitória, na capital; polícia apura se crime foi ordenado por detentos