Divinópolis, a 155 km de Belo Horizonte, no Centro-Oeste de Minas, está em alerta. Além do primeiro caso confirmado para o novo coronavírus (Covid-19) no Estado e outros cinco em investigação para a doença, retornaram para casa, nesta segunda-feira (9), 12 pessoas que estavam na Itália e moram na cidade.

De acordo com a Prefeitura de Divinópolis, o grupo chegou nesta tarde à cidade. Formado por crianças, jovens e adultos, os turistas realizaram um tour católico por Roma nas últimas duas semanas. O país europeu é um dos que mais sofre com a disseminação do Covid-19 e é de onde vieram pelo menos três brasileiros confirmados para a doença. 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o grupo recebeu orientações de segurança, mas não está em quarentena. O período de isolamento de 14 dias é obrigatório apenas para as pessoas que apresentam ou apresentaram sintomas. Ainda segundo a prefeitura, eles haviam programado atividades religiosas na cidade, mas foram orientados a cancelá-las devido aos riscos de transmissão.

"O simples fato de estarem vindo do exterior não quer dizer que eles tenham que ficar em quarentena. Eles serão acompanhados e, se apresentarem sintomas, serão atendidos pelas equipes de saúde", afirmou Evandro Araújo, diretor de comunicação da administração municipal.

Por telefone, a Diocese de Divinópolis afirmou que os viajantes fizeram uma viagem particular, sem relação com a congregação católica local. A Diocese ainda relembrou que segue as orientações da Igreja Católica quanto a procedimentos para prevenção do novo coronavírus (Covid-19). Veja aqui.