Um homem de 32 anos foi preso pela Polícia Civil suspeito de estuprar uma mulher, 47, em Nova Serrana, região Centro-Oeste de Minas. O crime ocorreu em 9 de janeiro, mas ele só foi localizado no último sábado (11). As investigações apontam que ele tem extensa ficha criminal, com passagens por roubo, furto, invasão de domicílio, ameaça e lesão corporal.

Segundo a PC, a ação foi executada em parceria com a Guarda Municipal da cidade. Segundo informações da corporação, em janeiro deste ano, o suspeito invadiu uma barraca improvisada com tábuas e lona, onde estava um casal. Ele teria ameaçado e expulsado o homem do local, com o objetivo de estuprar a mulher dele.

Após novas ameaças, a vítima teria sido levada para outro bairro da cidade, onde foi novamente violentada. Ela conseguiu fugir e pediu socorro pouco tempo depois. Após atendimento médico, foi confirmado o crime.

Segundo a delegada responsável pelo caso, Thaís Santos Duarte, "trata-se de um indivíduo de extrema periculosidade, frio e violento. Esperamos inclusive, que com a sua prisão, possam surgir novas vítimas”.

O criminoso foi conduzido até a delegacia regional de Nova Serrana, e depois encaminhado para o sistema prisional da cidade.

Leia mais:
BH aplica a segunda dose da CoronaVac em pessoas de 28 anos nesta terça-feira
Cidades da Grande BH estão com estoque zerado para aplicação da 2ª dose da AstraZeneca