Um homem de 70 anos foi preso suspeito de abusar sexualmente de um adolescente de 17, que é portador de Síndrome de Down. O abuso ocorreu no povoado de Santana, em Espinosa, no Norte de Minas, nessa quinta-feira (10). Segundo a Polícia Militar, ele foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e foi encaminhado ao presídio de Janaúba.

Conforme o boletim de ocorrência, o homem é natural da Bahia e estava visitando parentes em Espinosa. Testemunhas disseram que ele aproveitou o momento em que passeava com o menor para cometer a violência sexual. O suspeito teria tocado nas partes íntimas do garoto e o obrigado a fazer sexo oral nele.

Ainda de acordo com a PM, ao perceber que algumas pessoas tomaram conhecimento do abuso, ele fugiu de carro, mas foi localizado após intenso rastreamento pela cidade. 

O menor foi levado para o hospital e o idoso foi encaminhado para a delegacia de Janaúba, onde o delegado o autuou em flagrante.

Esta semana, uma reportagem do Hoje em Dia mostrou que a cada 24 horas, pelo menos oito ocorrências de abuso sexual contra crianças e adolescentes e pessoas mentalmente ou fisicamente incapazes de oferecer resistência a esse tipo de violência, são registradas em Minas Gerais, segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).
 
De janeiro a agosto, 1.949 casos chegaram às autoridades. Os números chamam a atenção porque representam, no mesmo período, mais do que o dobro do total de estupros de adultos registrados no território: 807. 


Leia mais:
Cercado por crianças, suspeito de estupro no Magnum diz: 'quero que tudo seja esclarecido logo’
Por dia, Minas registra ao menos oito denúncias de estupros de menores de 14 anos e vulneráveis
Especialistas ensinam como orientar as crianças e identificar abusos sexuais; assista ao vídeo
Homem de 36 anos é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 13 anos
Três suspeitos de abusarem sexualmente de crianças e adolescentes são presos em Belo Horizonte