Um homem de 47 anos matou a esposa, de 44, e uma das filhas que tinha com ela, de 18, a facadas na noite de sexta-feira (15) em Pouso Alegre, no Sul de Minas. Pouco depois do crime, ele cometeu suicídio.

De acordo com a Polícia Militar, o chamado foi feito pela outra filha do casal, que não foi identificada. Ao chegar em casa, ela viu o pai com uma faca ensanguentada e diversas marcas de sangue pelo imóvel.

A mulher estava acompanhada de outra pessoa, também não identificada. O suspeito tentou atacá-los, mas eles conseguiram sair da casa e trancar a porta da frente.

Quando chegaram ao local, os militares tentaram contato com o homem dentro da casa, mas ele não quis abrir a porta. Quando a outra filha destrancou a casa, a PM encontrou os corpos de mãe e filha dentro do banheiro. Na varanda, o autor foi encontrado enforcado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer as vítimas, mas todas já estavam mortas. Na vistoria, os militares perceberam que a esposa do homem e a filha tentataram se trancar no banheiro, mas ele conseguiu arrombar a porta e cometer o assassinato.

A PM confirmou que os corpos das vítimas tinhas "diversas lesões", mas não foi possível precisar quantos golpes eles sofreram. A faca usada no crime e a corda em que o homem se enforcou foram apreendidas para investigação. Familiares contaram aos militares que o suspeito sofria com alcoolismo e tinha perdido os pais recentemente, o que teria piorado a relação com a esposa.

Leia mais:
Donos de cães e gatos terão repescagem de vacinação antirrábica em ponto de drive-thru em BH
Entrada de noivo em Betim ganha repercussão internacional e elogio de Justin Timberlake; veja vídeo