A Polícia Militar informou que o motorista de um carro de passeio que atirou no pneu de uma moto e deu coronhadas em um motocilista na última sexta-feira (12), no bairro Cidade Jardim, região Centro-Sul de Belo Horizonte, é um procurador de Justiça de 58 anos.

Segundo o boletim de ocorrência, ele disse que pensava se tratar de um assalto e que o condutor da moto teria batido no carro dele e pedido para que parasse. O motociclista também teria tentado pegar algo na mochila, foi quando ele fez disparos e o golpeou. O homem disse, também, que possui porte de arma em função da profissão, e que o revólver é legalizado.

Um vídeo gravado por uma testemunha mostra o momento em que o motorista desce do veículo com a arma em punho e vai em direção ao motociclista. Ele se aproxima do motociclista, atira no pneu da moto e desfere coronhadas nas costas e na cabeça da vítima.

Assista:

Na versão da vítima, de 35 anos, ela seguia pela avenida Prudente de Morais e, por causa de uma obra, há um estreitamento de pista na rua. Nesse ponto, o motorista do Chevrolet Spin desviou da obra e teria quase acertado a moto.

Um quarteirão à frente, o condutor teria aberto o vidro do carro e feito várias ameaças ao motociclista e, em seguida, desceu do carro para agredi-lo. O agressor teria dito ainda que estava dando mais uma chance de vida à vítima, depois de atirar no pneu traseiro, segundo relato do motociclista. 

A Polícia Civil de Minas Gerais instaurou procedimento para apurar as circunstâncias dos fatos. Já o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) disse, em nota, que tem conhecimento do ocorrido envolvendo o procurador de Justiça e vai aguardar as investigações para tomar as medidas necessárias.