Um homem de 24 anos foi preso em flagrante, na madrugada desta segunda-feira (12), depois de atirar em um policial militar. De acordo com a corporação, a arma usada no crime havia sido retirada do oficial segundos antes do disparo. Depois do crime, o suspeito fugiu e foi localizado em cima de uma árvore.

Conforme o Boletim de Ocorrência, o caso teve início na rua Araguari, no bairro Santo Agostinho, região Centro-Sul de Belo Horizonte, depois que dois policiais desconfiaram da atitude de um rapaz, que estava com uma bolsa. Os PMs deram ordem para fazer buscas no homem, mas ele se recusou.

Um dos militares tentou algemar o suspeito, mas o homem conseguiu se desvencilhar. Foi então que o outro militar também pegou a algema para deter o rapaz, momento em que o suspeito retirou a arma do coldre - estojo de couro onde os policiais levam os revólveres - e atirou contra o PM. O tiro acertou a coxa do oficial.

Depois do crime, o rapaz fugiu em direção a avenida Amazonas, levando a arma do militar. O reforço foi acionado e o policial ferido resgatado. Após buscas na região, o suspeito foi encontrado em cima de uma árvore, na avenida Bernardo Guimarães, no Barro Preto.

De acordo com a PM, o rapaz obedeceu a ordem de jogar a arma no chão, mas se desequilibrou e caiu da árvore. Ele foi socorrido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Centro-Sul e, depois de receber atendimento médico, foi levado para a Central de Flagrantes (Ceflan) 2, onde a ocorrência foi registrada.

Ainda segundo a PM, o suspeito já tinha passagem na Justiça por furto e foi o autor de um incêndio, no início deste mês, contra um casarão tombado na rua Pouso Alegre, no bairro Floresta, região Leste da capital.