O hospital São Judas Tadeu, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi fechado por cerca de três horas na tarde deste domingo (8), após duas crianças, de 5 e 6 anos, serem atendidas com suspeita de sarampo. De acordo com a prefeitura da cidade, todos os pacientes e acompanhantes que estavam no pronto atendimento tiveram os cartões de vacina checados e as pessoas foram vacinadas. 

Também houve a desinfecção de todos os locais por onde as crianças passaram. “Conforme orientação do setor de Epidemiologia, o hospital iniciou o bloqueio às 13h, com o retorno do atendimento após a vacinação de todos. Outra medida adotada foi a desinfeção geral, que durou mais 2 horas”, informou a Secretaria Municipal de Saúde, por meio de nota.

Em Belo Horizonte, nos meses de agosto e setembro, 35 unidades de saúde também já precisaram ser fechados após o atendimento de casos suspeitos da doença. 

Conforme dados do último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado na última quarta-feira (4), mais de 40 casos estão sob investigação na capital, onde dois casos já foram confirmados. Em Minas, houve 13 confirmações e 138 são investigados.

Tire suas dúvidas sobre o sarampo:

sarampo

Leia mais: 
Funed utiliza novo método para monitorar sarampo em Minas
Mais um centro de saúde é fechado com suspeita de sarampo; BH tem 35 unidades afetadas pela doença
O que você quer saber? Especialista esclarece principais dúvidas da população sobre sarampo; ouça