Um taxista de 73 anos foi encontrado morto dentro do porta-malas do próprio carro nessa sexta-feira (18) em Elói Mendes, no Sul de Minas. O táxi estava abandonado em uma estrada vicinal da cidade e a suspeita é que ele tenha morrido asfixiado. 

Segundo a Polícia Militar, três suspeitos já foram identificados e estão sendo procurados pelo crime. Eles teriam tomado o táxi de assalto e obrigado o idoso a ir para o porta-malas enquanto utilizavam o veículo para assaltar um posto de combustíveis. 

O assalto ao posto, localizado na BR-491, estrada que liga Elói Mendes a Paraguaçu, foi flagrado pelas câmeras de segurança e aconteceu por volta de 17h. Dois dos suspeitos desceram do carro, sendo que um deles portava uma arma que, segundo os militares, parecia ser uma garrucha. Em seguida, eles ameaçaram o frentista e levaram R$ 133,00 do caixa. 

O veículo só foi encontrado por volta das 19h, abandonado. A suspeita é que a intenção do grupo era retirar o motorista do porta-malas e deixá-lo na zona rural, amarrado, para fugirem com o veículo. Mas ao encontrarem a vítima sem vida dentro do carro, eles teriam fugido, deixando inclusive as chaves do táxi no porta-malas. 

A polícia ainda não encontrou testemunhas que viram quando o taxista foi rendido pelos homens, mas a suspeita é que eles chamaram o táxi em um local ermo e, então, cometeram o crime. 

A Polícia Militar de Varginha auxilia as equipes de Elóis Mendes no rastreamento para encontrar os suspeitos. O caso foi levado para a Delegacia de Plantão de Varginha mas as investigações devem ficar a cargo da Delegacia de Elói Mendes. 

Leia mais:

Mais de 14 milhões de mineiros têm idade para solicitar posse de arma em casa
Taxista desaparecido em Santa Luzia é encontrado no Paraná
Taxista de 67 anos é encontrado morto em estrada de terra em Sete Lagoas
Taxista é encontrado morto com tiro no pescoço em Patos de Minas