Kalil se reunirá com representantes das empresas de ônibus para tentar impedir greve em BH

Clara Mariz
@clara_mariz
18/11/2021 às 18:01.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:16
 (Divulgação / STTRBH)

(Divulgação / STTRBH)

Com a iminência de uma possível greve dos motoristas de ônibus de Belo Horizonte a partir da próxima segunda-feira (22), o prefeito Alexandre Kalil (PSD) marcou uma reunião para esta sexta-feira (19), às 10h, com representantes das empresas de transporte coletivo da capital para discutir uma solução que evite a paralisação.

Devem participar da assembleia o secretário de infraestrutura do município, Josué Valadão; o procurador geral Castellar Guimarães Filho; o vice-prefeito Fuad Noman; o presidente da BHTrans, Diogo Prosdocimi; e o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Público, Raul Lycurgo Leite.

Os motoristas de ônibus da capital estão desde a última quinta-feira (11) em estado de greve, situação em que os trabalhadores são legitimados pelo sindicato para convocar uma paralisação, comunicando a situação aos governantes e à população. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (STTR-BH), os funcionários pedem aumento salarial, reajuste do ticket alimentação e melhoria no plano de saúde.

Confira as reivindicações dos motoristas:

  • Reajuste salarial de 9% acrescido de INPC (índice de inflação)
  • Ticket de alimentação de R$ 800
  • Pagamento de ticket alimentação em afastamento por atestado
  • Remoção do banco de horas
  • Abono salarial 2019/2020
  • Retirada da limitação do passe livre
  • Manutenção do passe livre para o afastado
  • Melhoria no plano de saúde
Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por