Professores de 107 escolas estaduais em 37 municípios mineiros retomam os trabalhos presenciais a partir desta segunda-feira (14). O retorno ocorre uma semana antes da volta de 49 mil alunos no Estado

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação (SEE-MG), a retomada é válida para instituições de ensino de cidades que estão inseridas nas Ondas Verde ou Amarela do programa estadual de flexibilização das atividades (Minas Consciente) - BH, por exemplo, não aderiu ao plano. Outro critério para o retorno é que as prefeituras não tenham apresentado restrições que impeçam a atuação em segurança no contexto pandêmico.

"É importante que os profissionais entrem em contato com os diretores de suas unidades de ensino para receber orientações referentes ao retorno. Os pais ou responsáveis pelos estudantes também devem ficar atentos às comunicações feitas pelas escolas para que recebam todas as orientações necessárias. Em caso de dúvidas, o contato com o gestor escolar é de extrema importância, todas as dúvidas devem ser esclarecidas", informou a pasta, em nota.

Conforme o governo de Minas, a retomada será gradual, começando com as turmas de 1º ao 5º ano do ensino fundamental, e é facultativa às famílias. Isso significa que, nos casos em que as famílias optarem por não encaminhar o estudante para a atividade presencial, o regime totalmente remoto será mantido, sem prejuízo ao ensino.

A reportagem procurou a Prefeitura de BH para saber sobre a volta das aulas nas unidades estaduais de ensino instaladas na capital e aguarda retorno.

Histórico

Após mais de um ano sem aulas, a rede estadual retorna nesta segunda após decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) na última quinta-feira (10). Juristas avaliaram o protocolo sanitário adotado pela Secretaria de Estado de Educação.

No documento, há previsão, por exemplo, de distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os estudantes nas salas de aula, com alternância de semanas de trabalho presencial e remoto. A volta de alunos das demais escolaridades só ocorrerá após análise das condições locais e indicadores epidemiológicos.

A SEE-MG informou, ainda, que todas as escolas estaduais passaram por um check list "criterioso", que foi validado pelo diretor da escola e pelo inspetor escolar, que inclui a aplicação dos protocolos sanitários, adequações no ambiente e disponibilização dos equipamentos de proteção e produtos de higiene e limpeza.

Apesar da autorização judicial para o retorno, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sindi-UTE) informou que vai recorrer da decisão.

Confira lista de escolas e cidades que retornam as atividades nesta segunda-feira (14):

  1. EE Arthur Berganholi, em Araçuaí;
  2. EE da Fazendo Diamantino, em Araçuaí;
  3. EE Hilário Pinheiro Jardim, em Araçuaí;
  4. EE José dos Santos Neiva, em Araçuaí;
  5. EE Professor Leopoldo Pereira, em Araçuaí;
  6. EE Professora Aparecida Dutra, em Araçuaí;
  7. EE Conrado Verissimo de Oliveira, em Berizal;
  8. EE Coronel Mariano Murta, em Coronel Murta;
  9. EE Cônego Figueiró, em Francisco Badaró;
  10. EE Presidente Juscelino Kubitschek, em Francisco Badaró;
  11. EE São Sebastião, em Francisco Badaró;
  12. EE de Vereda do Paraíso, em Ninheira;
  13. EE Deputado Chaves Ribeiro, em Taiobeiras;
  14. EE Dona Beti, em Taiobeiras;
  15. EE Professora Dona Preta, em Taiobeiras;
  16. EE Catulo Cearense, em Virgem da Lapa;
  17. EE Olegário Maciel, em Virgem da Lapa;
  18. EE São Domingos, em Virgem da Lapa;
  19. EE Antônio Ramalho Mota, em Jenipapo de Minas;
  20. EE Dona Nhanhá, em Bom Jesus do Galho;
  21. EE João Paulo II, em Bom Jesus do Galho;
  22. EE Pedro Martins Pereira, em Bom Jesus do Galho;
  23. EE Presidente Artur Bernardes, em Bom Jesus do Galho;
  24. EE Dom Carloto, em Caratinga;
  25. EE Engenheiro Caldas, em Caratinga;
  26. EE João Moreira Franco, em Caratinga;
  27. EE Juarez Canuto de Souza, em Caratinga;
  28. EE Maria Alves da Silveira, em Caratinga;
  29. EE Mary Lucca Chagas, em Caratinga;
  30. EE Menino Jesus de Praga, em Caratinga;
  31. EE Princesa Isabel, em Caratinga;
  32. EE Professora Maria Fontes, em Caratinga;
  33. EE Sinfrônio Fernandes, em Caratinga;
  34. EE Antônio Penna Sobrinho, em Caratinga;
  35. EE João Moreira Franco, em Caratinga;
  36. EE Monsenhor Rocha, em Santa Bárbara do Leste;
  37. EE Cesarino Alves Pereira, em Ubaporanga;
  38. EE Dom Cavati, em Ubaporanga;
  39. EE Francisca Rodrigues Valente, em Ubaporanga;
  40. EE José Antunes Moreira, em Ubaporanga;
  41. EE Coronel Fabriciano Felisberto de Brito, em Antônio Dias;
  42. EE Germano Pedro de Souza, em Antônio Dias;
  43. EE Coronel Silvino Pereira, em Coronel Fabriciano;
  44. EE Intendente Câmara, em Coronel Fabriciano;
  45. EE Padre Deolindo Coelho, em Coronel Fabriciano;
  46. EE Professor Francisco Letro, em Coronel Fabriciano;
  47. EE Professora Celina Machado, em Coronel Fabriciano;
  48. EE Zacarias Roque, em Coronel Fabriciano;
  49. EE Capitão Egídio Lima, em Timóteo;
  50. EE Getúlio Vargas, em Timóteo;
  51. EE José Ferreira Maia, em Timóteo;
  52. EE Leôncio de Araújo, em Timóteo;
  53. EE Tenente José Luciano, em Timóteo;
  54. EE Herculano Martins, em Montezuma;
  55. EE da Fazenda Palmeiras, em Rio Pardo de Minas;
  56. EE Elesbão José dos Santos, em Rio Pardo de Minas;
  57. EE Elpídio Ribeiro dos Santos, em Rio Pardo de Minas;
  58. EE Geraldino Francisco da Silva, em Rio Pardo de Minas;
  59. EE José Cristiano, em Rio Pardo de Minas;
  60. EE Norberto de Almeida Rocha, em Rio Pardo de Minas;
  61. EE Prefeito Odílio Fernandes Costa, em Santo Antônio do Retiro;
  62. EE de Belmiro Braga, em Belmiro Braga;
  63. EE Estevão Pinto, em Mar de Espanha;
  64. EE Mannarino Luigi, em Mar de Espanha;
  65. EE João Gomes Velho, em Santos Dumont;
  66. EE Professora Joana Cunha, em Santos Dumont;
  67. EE Vieira Marques, em Santos Dumont;
  68. EE Dr Francisco Zagari, em São João Nepomuceno;
  69. EE Oswaldo Cruz, em São João Nepomuceno;
  70. EE Maria Moreira de Vasconcelos, em Estrela do Sul;
  71. EE Coronel José Faleiros de Aguiar, em Grupiara;
  72. EE Emídio de Sales, em Itambé do Mato Dentro;
  73. EE Luiza dos Santos Ferreira, em Passabém;
  74. EE Antônio Ferreira Mendes, em Rio Piracicaba;
  75. EE Marinho Silva , em Rio Piracicaba;
  76. EE São José do Barreiro, em Iraí de Minas;
  77. EE Amir Amaral, em Patrocínio;
  78. EE Coronel Elmiro Alves do Nascimento, em Patrocínio;
  79. EE Coronel João Cândido de Aguiar, em Patrocínio;
  80. EE Dalva Stela de Queiroz, em Patrocínio;
  81. EE Dona Cotinha, em Patrocínio;
  82. EE Irmã Gislene, em Patrocínio;
  83. EE Joaquim Dias, em Patrocínio;
  84. EE José Eduardo Aquino, em Patrocínio;
  85. EE Líbia Lassi Lopes, em Patrocínio;
  86. EE Mariana Tavares, em Patrocínio;
  87. EE Odilon Behrens, em Patrocínio;
  88. EE Professora Célia Lemos, em Patrocínio;
  89. EE Professora Irma Carvalho, em Patrocínio;
  90. EE Venina Tavares Amaral, em Patrocínio;
  91. EE de Santa Maria, em Botumirim;
  92. EE Doutor José Esteves Rodrigues, em Botumirim;
  93. EE Renato Azeredo, em Botumirim;
  94. EE Adolfo Ferreira de Barros, em Capitão Enéas;
  95. EE José Patrício da Silveira, em Capitão Enéas;
  96. EE Nossa Senhora da Guia, em Capitão Enéas;
  97. EE Dona Valentina Alkimim, em Claro dos Poções;
  98. EE Cordiolino Souza Santos, em Francisco Sá;
  99. EE Donato Santos, em Francisco Sá;
  100. EE Eliseu Laborne, em Francisco Sá;
  101. EE João de Deus Dias, em Francisco Sá;
  102. EE Zeca Guida, em Francisco Sá;
  103. EE Professor Oswaldo Simões, em Grão Mogol;
  104. EE Edmilson Bicalho Noronha, em Itacambira;
  105. EE Major Alexandre Rodrigues, em Mirabela;
  106. EE Santa Maria, em Mirabela;
  107. EE Mestre Braga, em São João do Pacuí.

Leia mais:
Mortes por Covid-19 somam 487,4 mil e casos chegam a 17,4 milhões
Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar o auxílio emergencial; confira calendário
Fiocruz ajuda mães de crianças com necessidades especiais