Mais de mil torcedores sem máscara foram abordados no entorno do Mineirão antes de jogo do Cruzeiro

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
22/08/2021 às 09:44.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:44
 (Fernando Michel/Hoje em Dia)

(Fernando Michel/Hoje em Dia)

A Guarda Municipal de Belo Horizonte realizou 1.073 abordagens a torcedores que estavam sem máscara ou a utilizavam de forma incorreta na sexta-feira (20), antes da partida entre Cruzeiro e Confiança, pela Série B do Campeonato Brasileiro, no Mineirão.

A atuação visou garantir a segurança do público e o respeito às regras sanitárias de controle da pandemia no entorno do estádio. Segundo o Executivo, todos aqueles que foram orientados se adequaram e não precisaram ser punidos.

A reportagem do Hoje em Dia esteve na Pampulha e, cerca de duas horas do início do jogo, a movimentação era quase "zero". Dentre as ações realizadas pelas forças de segurança, grades delimitavam espaços e facilitavam a fiscalização de concentração de pessoas nas ruas do entorno.

Em nota, a PBH informou que os guardas apoiaram os agentes da BHTrans tanto na interdição das vias de acesso ao estádio quanto na garantia da fluidez do tráfego, bem como no combate à ação de flanelinhas e ambulantes clandestinos.

Reunião

A administração municipal agendou para esta segunda-feira (23) uma reunião com representantes de América, Atlético, Cruzeiro e do Mineirão para avaliar as duas primeiras partidas com a presença da torcida. No encontro será apresentado um relatório ao Comitê de Enfrentamento à Covid-19 para definir regras para futuras partidas.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por