Manifestantes fecharam a avenida Barão Homem de Melo, no bairro Nova Granada, na região Oeste de Belo Horizonte, na noite desta terça-feira (27).

Segundo o Corpo de Bombeiros, eles colocaram fogo em pneus, colchões, pedaços de tronco de árvores e interditaram as pistas na altura do número 1.286. O motivo do protesto seria o atropelamento de quatro pessoas no local na semana passada. 

O acidente foi no domingo (18), uma mulher de 33 anos morreu e outras três pessoas ficaram feridas após serem atropeladas por um carro. Elas estavam em cima da calçada quando foram atingidas. Entre os feridos estava uma criança de 1 ano, filho da mulher que não resistiu aos ferimentos.

Eles cobram das autoridades a colocação de um quebra-molas na via. Segundo a Polícia Militar, o trânsito já foi liberado.

Leia Mais:
Minas Gerais investiga 150 casos de reinfecção por Covid-19