Metrô de BH terá novo intervalo entre viagens a partir de segunda-feira; confira

Lucas Sanches
@sanches_07
05/11/2021 às 10:00.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:11
 (Maurício Vieira/Hoje em Dia)

(Maurício Vieira/Hoje em Dia)

As composições do metrô de Belo Horizonte passarão a cumprir novo intervalo de horários em dias úteis a partir de segunda-feira (8). De acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), a medida serve para adequar a oferta de transporte em sintonia com a flexibilização das atividades econômicas na capital.

O intervalo nos dias de semana era de 8 a 10 minutos nos horários de pico, e 18 minutos nos demais. A partir da próxima semana, o prazo será de 7 a 10 minutos nos picos, e 15 minutos no decorrer do dia. Além disso, a CBTU vai intercalar a oferta de trens simples (com quatro carros) e acoplados (com oito carros) nos horários mais movimentados.

O geógrafo Luiz Eduardo Maia, de 29 anos, comemorou a novidade, mas não deixou de fazer um alerta. "Acredito que toda mudança é bem vinda. Entretanto, isso deve estar ligado a um valor justo e acessivel, que nós não temos hoje", afirma. Ele conta que usa o metrô por volta das 8h, e ter um menor intervalo entre as viagens pode reduzir as aglomerações. "Geralmente vejo os vagões bem cheios, mas acredito que algumas mudanças seriam muito bem-vindas", finalizou.

Bilheteria

Nas bilheterias, o funcionamento está mantido de 5h40 às 23h diariamente, com as estações abertas das 5h15 às 23h. Quem já tem o cartão ou bilhete em mãos pode embarcar antes mesmo da abertura da bilheteria.

A companhia ainda reforça que as medidas de saúde e segurança relacionadas à pandemia da Covid-19 seguem exigidas em todas as estações e dependências do metrô. Permanece obrigatório o uso de máscara cobrindo nariz e boca, conforme decreto municipal que não tem validade determinada. Quem descumprir a medida pode ser impedido de acessar o serviço.

A CBTU afirmou ainda que "seguirá readequando sua operação sempre que houver novas determinações das instâncias do governo municipal, estadual ou federal, a fim de garantir o redimensionamento adequado da oferta de transporte público para toda a população".

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por