Minas deve ter novo pico de casos da Covid em duas ou três semanas, diz secretário de Saúde

Marina Proton
mproton@hojeemdia.com.br
13/01/2022 às 14:31.
Atualizado em 18/01/2022 às 00:53

Minas vem registrando consecutivas altas de casos de Covid-19. Na quarta-feira (12), o Estado confirmou 18 mil notificações em 24 horas, o maior desde o início da pandemia  e bem acima dos dados computados no período de pico da doença, no ano passado.  

Nesta quinta (13), Minas passou de https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/coronav%C3%ADrus-contaminou-2-3-milh%C3%B5es-de-pessoas-em-minas-15-mil-casos-foram-registrados-em-24-horas-1.872050 pelo coronavírus após registrar mais 15 mil casos. Ainda assim, o território mineiro não atingiu novo pico da doença. Um cenáfio ainda pior deve ocorrer daqui duas ou três semanas. Até lá, as notificações continuarão em alta.

A informação é do secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti. “A média móvel vai subindo. Iremos ter mais do que 18 mil casos diários na próxima semana, não tenho dúvida. Iremos aumentar e nosso pico vai ser muito alto. Muito acima do que vivenciamos no ano passado”, disse, esta quarta, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. 

No Estado, o número de óbitos, no entanto, não vem acompanhando o aumento de casos. A justificativa é o avanço da vacinação. Até o momento, são mais de 15,6 milhões de imunizados com duas doses, o que representa 86% da população. Já a terceira dose foi aplicada em 3,6 milhões de pessoas (20%).

Diante deste cenário e para evitar que os dados relacionados à doença continuem disparando, o secretário orienta que a população busque o reforço. Hoje, cerca de 3 milhões de pessoas aptas ainda não garantiram a terceira dose.  

“Esse número não é exato, mas muita gente ainda não recebeu o reforço. A gente vem aumentando as campanhas para que as pessoas entendam o papel da vacina e vem conversando para que os municípios façam busca ativa. O reforço se mostra muito importante para a variante Ômicron, então a gente tem que garantir”, finalizou.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por