Minas já registrou 39.842 casos prováveis de dengue e três pessoas morreram em decorrência da doença somente nos três primeiros meses do ano. Os óbitos aconteceram nos municípios de Medina e Itinga, na região do Jequitinhonha e Mucuri; e Carneirinho, no Triângulo Mineiro. Outras 18 mortes são investigadas para a doença.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), somente em Belo Horizonte, há 3.303 casos prováveis de dengue registrados nas últimas quatro semanas. 

Quanto às outras doenças transmitidas pelo mesmo mosquito, o Aedes aegypti, este ano já foram notificados 715 casos de febre chikungunya, sendo que uma morte em Campo Belo é investigada; e 236 casos prováveis de zika, sendo 59 em gestantes. 

Leia mais:
BH tem mais de 4.300 casos suspeitos de dengue; região Leste lidera ocorrências
Coronavírus muda rotina de agentes de combate a endemias, mas 'caça' ao Aedes continua em BH