Torneiras secas e caixas d'água vazias, esta é a realidade dos moradores do bairro Petrópolis, na região do Barreiro, há pelo menos 15 dias. Desde novembro do ano passado os clientes da Copasa naquele bairro vêm sofrendo com o desabastecimento, quando a água começou a chegar nas casas apenas no período da noite.

Em julho deste ano, a interrupção no abastecimento de água se agravou em três ruas do bairro. Os moradores pegam água nas casas da ruas adjacentes, onde a água é encontrada.

Em nota, a Copasa informou que para amenizar o problema do abastecimento nas ruas 35, Águia Grandes Asas e Tochas de Fogo, afetadas pelo desabastecimento no bairro Petrópolis, já estão programadas obras de melhorias na região, a partir da próxima segunda-feira (17). 

As obras serão seguidas de monitoramento da pressão da água nos pontos críticos. A estimativa de duração dos trabalhos é de 20 dias.

“A Copasa ressalta que alguns pontos do Barreiro têm características bem peculiares, com ruas estreitas e grande população, com alto consumo de água, além de inadimplência e ligações clandestinas. Algumas ruas estão em áreas mais elevadas, o que também dificulta a chegada da água quando a pressão não é suficiente”, completou a Copasa.

Leia mais:
Sistema Pacuí entra em pré-operação e rodízio de água é suspenso em Montes Claros após três anos