Morre, aos 82 anos, Juarez Araújo, presidente da Velha Guarda do Samba de BH

Raquel Gontijo
raquel.maria@hojeemdia.com.br
14/10/2021 às 17:19.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:03
 (Heberth Zschaber / Divulgação redes sociais Velha Guarda do Samba de BH)

(Heberth Zschaber / Divulgação redes sociais Velha Guarda do Samba de BH)

Faleceu nesta quarta-feira (13), aos 82 anos, Juarez Araújo, presidente da associação Velha Guarda do Samba de BH. Em nota, a entidade confirmou a morte em suas redes sociais.

“Com o coração em pedaços, a Associação da Velha Guarda da Faculdade do Samba de Belo Horizonte informa o falecimento do seu Presidente, o sambista Juarez Araújo. Pessoa de imenso coração, conhecido sempre por ajudar o próximo, parte hoje por uma estrada repleta de luz, pois foi um homem grandioso em sua vida. Obrigada, senhor Juarez”.

De acordo com amigos próximos, a causa da morte do sambista foi uma parada cardiorrespiratória. O músico estava internado, há cerca de 20 dias, por conta de uma infecção decorrente da implantação de um marcapasso.

O portal Almanaque do Samba, dedicado aos sambistas de Minas Gerais, fez um perfil da história do músico. Juarez Araújo nasceu em 1939, em Corinto (MG). Em 1956, mudou-se para Belo Horizonte, onde cantou em vários programas de calouros nas rádios Guarani, Inconfidência; Rádio Pampulha e Jornal de Minas. Em 1990, participou da montagem do grupo “Os vocalistas Super Astral”. Em 1999, foi convidado a participar da Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte, onde era presidente. 

Atuando no mercado cultural regional e nacional, a Velha Guarda do Samba de BH já representou o samba em diversos eventos artísticos da cidade, entre eles, o Festival Internacional de Teatro (2001 e 2006); Festival de Arte Negra (FAN), em 2003 e 2006; Tim Tambores (2006 e 2007); Fórum Social Brasileiro, em 2004; Carnaval à Moda Antiga, no Centro Cultural da UFMG; Carnaval BH 2014; Samba de Iaiá, na Funarte (2014); em São João Del Rei, em 2014; e no projeto Noite no Museu, no Centro Cultural UFMG, em 2015.

A Velha Guarda do Samba de BH informou que o sepultamento do sambista acontece em Belo Vale, em Santa Luzia, na região metropolinata.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por