Um adolescente de 17 anos foi detido e três homens estão foragidos após o grupo ter amarrado e dopado uma motorista de aplicativo durante um assalto em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite desse domingo (14).

De acordo com a Polícia Militar, o rapaz apreendido solicitou uma corrida com a mulher e, após rodarem por alguns quilômetros, sentido bairro Goiânia, na região Norte de BH, pediu para a mesma permitir a entrada de um trio de amigos.

Todos seguiram viagem e, em determinado ponto, um dos autores puxou o cabelo da vítima, de 41 anos, e a obrigou a estacionar o carro. Com uma arma no pescoço, a mulher foi amarrada com braçadeiras plásticas e colocada no banco de trás.

Ao passarem em frente a uma unidade policial, a mulher gritou por socorro e, nesse momento, recebeu chutes na barriga, coronhadas na cabeça e foi forçada a ingerir um compromido de clonazepam, medicamento que causa sonolência. A vítima fingiu estar desmaiada para que parassem de agredi-la.

Conforme a PM, o veículo cruzou com uma viatura e os militares notaram que uma mulher estava no assento traseiro em situação suspeita. A viatura perseguiu o automóvel pelo Anel Rodoviário, mas o motorista não atendeu às ordens de parada e avançou semáforos, em fuga.

Em uma das alças de acesso à avenida Antônio Carlos, o condutor do veículo perdeu o controle da direção e bateu em um meio-fio. O grupo saiu do veículo e continuou a tentativa de fuga à pé. O adolescente caiu em um barranco e foi apreendido. Já outros dois homens fugiram sentido Vila Nova Cachoeirinha e outro evadiu sentido Centro de BH, pela Antônio Carlos.  

Dentro do carro, a mulher foi encontrada com muitas marcas de sangue e de agressões. Ela foi atendida e levada ao Pronto-Socorro do Hospital Odilon Behrens, na Lagoinha, onde foi medicada.

O adolescente de 17 anos também foi levado ao mesmo hospital, devido às escoriações que sofreu ao cair do barranco. Ele foi encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional de Belo Horizonte (Cia-BH). Os demais envolvidos seguem foragidos.

Por fim, ainda no interior do veículo foram localizados e apreendidos uma cartela de clonazepam, um celular e duas braçadeiras, sendo que uma delas estava violada e suja de sangue.

Leia mais:
Quadrilha especializada em roubos de casas no Mangabeiras é detida pela PM
Betim interdita 13 estabelecimentos por desrespeitarem medidas contra a Covid-19 no Carnaval
Zema comemora avanço da vacinação em Minas com imunização da tia-avó de 98 anos