Mais um caso de feminicídio para engrossar as estatísticas foi registrado nesse sábado (21) em Manhuaçu, cidade da Zona da Mata mineira. Uma mulher, de 31 anos, foi assassinada a facadas pelo ex-marido, de 33, com quem tinha dois filhos, enquanto participava de um churrasco com a família no bairro Nossa Senhora Aparecida. A vítima já havia feito uma denúncia contra ele, que está desaparecido desde o caso, registrado em 2017. Na ocasião, ela relatou que foi empurrada pelo ex-companheiro.

Relatos foram feitos à Polícia Militar. De acordo com a corporação, o homem chegou na casa da mãe dela e teria visto a  ex-mulher com um novo namorado, causando um tumulto na confraternização. Ele foi retirado da festa, voltou para procurá-la, mas não a encontrou. Porém, algum tempo depois, retornou e foi atendido pela mulher. 

De acordo com a PM, nesse momento ele sacou uma faca e começou a esfaqueá-la nas costas e no peito. Ele teria desferido entre cinco a dez golpes. Com a chegada da família, o ex-marido fugiu por uma escadaria, chegou na BR-262 e não foi mais visto. Policiais da região seguem fazendo buscas. 

Feminicídio

O Hoje em Dia mostrou, neste mês, que até outubro deste ano mais de 15 mil ataques, como agressões, assédios e feminicídios, foram registrados em Belo Horizonte. Especialistas alertaram para a conscientização, porém reforçaram que é preciso quebrar o silêncio e, dessa maneira, punir quem pratica os crimes. Leia aqui.

Como procurar por ajuda

Central de Atendimento à Mulher
Telefone: 180

Polícia Militar
Em qualquer unidade da corporação ou pelo telefone 190

Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher
Avenida Barbacena, 288, Barro Preto - Belo Horizonte

Casa Benvinda (Centro de Apoio à Mulher)
Rua Hermilo Alves, 34, Santa Tereza - Belo Horizonte
Telefone: (31) 3277-4380

Centro Risoleta Neves de Atendimento (Cerna)
Avenida Amazonas, 558, Centro - Belo Horizonte
Telefone: (31) 3270-3235

Defensoria Pública de Defesa da Mulher (Nudem)
Rua Araguari, 210, 5° andar, Centro - Belo Horizonte
Telefone: (31) 2010-3171

18ª Promotoria especializada no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher
Avenida Álvares Cabral, 1881, Santo Agostinho - Belo Horizonte
Telefone: (31) 3337-6996