Uma mulher foi presa na tarde desta quarta-feira (20), suspeita de tentar matar o próprio filho, de três anos, no bairro Jardim dos Comerciários, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), a autora, de 24 anos, teria esperado a criança dormir para sufocá-la com um travesseiro. 

Ela confessou que tentou matar o filho por ele ter feito raiva nela o dia inteiro. Após ter chamado a atenção do menino, eles foram deitar. Assim que a criança dormiu, ela pegou um dos travesseiros que estavam sobre a cama e colocou sobre o rosto da criança, que começou a se debater.

A mãe só parado quando percebeu que a criança parou de se mexer. Ainda conforme a PM, ela só parou quando teve certeza de que havia matado o filho. Ela então ligou pra o marido, que chamou a polícia.

A criança foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Venda Nova e, de acordo com os militares, não corre risco de vida.

A investigação apontou que esta seria a segunda vez que a mulher tentou matar o menino. Há dois anos ela também teria tentado sufocá-lo com um travesseiro. Aos policiais ela contou que sofre de transtornos mentais e depressão pós-parto e que por isso faz tratamento psiquiátrico e uso de medicamentos controlados.

A suspeita foi levada para a Delegacia de Plantão de Atendimento à Mulher.

Na semana passada outra mãe também tentou matar a filha em Santo Antônio do Itambé, na região Central do Estado. Ela fez uma fogueira e queimou a própria filha, uma bebê de apenas 2 meses.