Um homem de 32 anos é procurado pela Polícia Militar em Matozinhos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, suspeito de esfaquear e colocar fogo na ex-namorada, de 27 anos, na manhã desta segunda-feira (15). Ela foi encontrada ainda em chamas na rua e morreu na unidade de saúde. 

Segundo a Polícia Militar da cidade, os militares receberam um chamado informando que havia uma mulher pegando fogo na rua Expedicionário Raimundo Nogueira, no bairro Floresta. Ao chegarem ao local, a vítima estava caída no chão e tampada por um cobertor. Ela foi levada à UPA da cidade, mas acabou morrendo na unidade. Os médicos constaram duas perfurações em seu tórax, causadas por facadas, e queimaduras de terceiro grau por todo o corpo. 

A vítima e o homem eram ex-namorados e tinham um filho de 3 anos. Na manhã desta segunda, o homem havia ido até a casa dela para ver a criança e a suspeita da polícia é que eles brigaram por causa do filho. 

Após o feminicídio, o homem fugiu em um carro vermelho e até o fim da tarde desta segunda, ainda não havia sido localizado. No momento, a criança está sob a guarda dos avós maternos.

A Polícia Civil informou que já instaurou um inquérito para apurar o caso e o delegado responsável pelo caso irá representar pela prisão temporária do suspeito. Uma testemunha já foi ouvida. O homem continua sendo procurado. 

Leia mais:

Economista que matou ex-mulher a facadas é condenado a 30 anos de prisão
Mulher morre esfaqueada pelo companheiro ao lado do filho de 1 ano em Uberaba após denúncia de abuso
Homem dá facada na cabeça da esposa por suspeitar de traição com vizinho
Homem finge piquenique com filha de 3 anos para tentar matar ex-namorada a facadas
Mulher é internada em estado grave após ser espancada com um bastão pelo ex-marido