Multa para quem abrir comércio durante a quarentena é de R$ 5,6 mil em BH; veja como denunciar

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
09/04/2020 às 22:05.
Atualizado em 27/10/2021 às 03:14
 (Lucas Prates)

(Lucas Prates)

O primeiro dia de validade do decreto que autoriza apenas estabelecimentos de “serviços essenciais” a abrir as portas em Belo Horizonte foi marcado pelo desrespeito. A determinação imposta pelo poder público não foi capaz de barrar muitos lojistas da capital. Quem for flagrado descumprindo a norma será multado em $ 5.611,14 pela prefeitura.

O objetivo da norma é evitar aglomerações e reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus. De acordo com a Secretaria de Planejamento, a medida não pretende prejudicar os vendedores e será aplicada apenas em último caso. A fiscalização é feita pela Guarda Municipal.

Segundo a PBH, os agentes têm conversado com os donos dos comércios e, só em casos de reincidência, a multa é aplicada. A população pode denunciar as irregularidades por telefone, pelo número 156, ou site da PBH.

Flagrantes

Nesta quinta-feira (9), o Hoje em Dia mostrou que, em rápido giro pelas ruas do hipercentro, foi possível ver abertos salões de beleza e locais que vendem instrumentos musicais, tecidos, bolsas, celulares e até produtos para festas. Espaços que oferecem artigos religiosos também foram vistos.

Conforme o documento assinado pelo prefeito Alexandre Kalil, podem funcionar, apenas, supermercados, padarias, farmácias, sacolões, açougues, postos de combustível, laboratórios, clínicas, hospitais, óticas, lojas de material de construção civil, agências bancárias, Correios e lotéricas.

Saiba o que não pode funcionar:

• Casas de shows e espetáculos
• Boates, danceterias, salões de dança
• Casas de festas e eventos
• Feiras, exposições, congressos e seminários
• Shopping e galerias de lojas
• Cinemas e teatros
• Clubes de serviço e de lazer
• Academia, centro de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico
• Clínicas de estética e salões de beleza
• Parques de diversões
• Bares, restaurantes e lanchonetes

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por