‘Não sai nem daqui 15 anos’, diz prefeito da capital Alexandre Kalil sobre Rodoanel da Grande BH

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
10/08/2021 às 15:01.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:39
 (Maurício Vieira/Hoje em Dia)

(Maurício Vieira/Hoje em Dia)

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, afirmou que o Rodoanel Metropolitano “não sai nem daqui 15 anos”. Segundo o mandatário, há a necessidade de desapropriação em diversas áreas, o que pode atrasar o início das obras. As intervenções estão previstas para  começar em 2023, com duração de quatro anos. 

“O projeto passa por dentro de áreas ambientais de Macacos. Belo Horizonte vai ser afetada, Contagem, Betim, e ninguém foi chamado. Apresentaram um projeto lá, só Deus sabe como”, afirmou Kalil, em entrevista à Rádio Itatiaia, nesta terça-feira (10).

O objetivo é tirar o trânsito pesado do Anel Rodoviário de BH, principalmente os veículos de carga, podendo contribuir para redução de mais de mil acidentes por ano no local.Divulgação / N/A

Traçado do Rodoanel Metropolitano

O Rodoanel irá contemplar quatro alças, Norte, Oeste, Sudoeste e Sul, sendo o entroncamento entre três rodovias principais, as BRs-381, 040 e 262, com extensão prevista de pouco mais de 100Km. 

Uma das preocupações é o dano ambiental e a desapropriação de casas em áreas que serão afetadas diretamente com a construção da via. Segundo a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), cerca de 200 famílias devem ser retiradas nas cidades de Betim e Contagem. 

Ao Hoje em Dia, o Secretário de Infraestrutura e Mobilidade do Estado de Minas Gerais, Fernando Marcato, afirmou que existe diálogo com a Prefeitura de BH, algo que também ocorre com as administrações de Betim e Contagem.

"Recebemos com surpresa essa declaração, porque em 25 de fevereiro fizemos uma reunião com o vice-prefeito para apresentar o projeto. Em junho, estivemos na Assembleia com representantes da BHTrans. Em julho, tivemos uma nova conversa com a BHTrans”, rebateu o gestor.

Conforme o chefe da pasta, as questões ambientais estão todas mapeadas e equacionadas dentro do projeto do Rodoanel Metropolitano. "Vamos assinar o contrato no início do ano que vem. Temos um ano de licenciamento ambiental e, em 2023, iniciamos as obras".

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por