A população que nasceu entre setembro e outubro já pode sacar a parcela única, de R$ 600, do Auxílio Emergencial Mineiro, nesta quarta-feira (20). No Estado, o benefício é pago para famílias em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89.

Durante a primeira fase do programa, são priorizados os grupos que não recebem o Bolsa Família e os formados por mães solteiras. Para os demais usuários, o depósito será feito de 22 a 29 de outubro (veja o calendário no fim da matéria)

Na última quinta-feira (14), aqueles que nasceram em janeiro e fevereiro receberam a ajuda do Estado. Na sexta-feira (15), foi a vez dos nascidos em março e abril, e, depois, na segunda-feira (18), os de maio e junho. Na terça-feira (19), os nascidos em julho e agosto. 

Como é feito o pagamento?

O auxílio será pago exclusivamente em contas-poupança digitais da Caixa. Quem já possui o “Caixa Tem”, o valor será depositado automaticamente. Porém, aqueles que não o tenham, será aberta a conta de forma automática, podendo ser movimentada pelo aplicativo de celular.

As contas correntes ou poupança convencionais que os beneficiários porventura possuam na Caixa não serão utilizadas para crédito do benefício. Quem não tiver acesso ao celular, pode comparecer a uma agência da Caixa ou a uma casa lotérica, apresentando um documento de identificação com foto. 

Quem tem direito?

O recurso será destinado à pessoa que respondeu ao Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) até 22 de maio de 2021. Portanto, não há a necessidade de realizar nenhum outro registro. 

Para saber se tem direito ao benefício, os interessados devem acessar este site e informar o CPF ou o Número de Inscrição Social (NIS), que pode ser consultado no Cartão Cidadão, no Cartão do Programa Bolsa Família ou neste endereço. Clique aqui e veja o “tire-dúvidas” sobre o auxílio.

Veja o calendário:

Prioritários

  • Janeiro e fevereiro: 14/10
  • Março e abril: 15/10
  • Maio e junho: 18/10
  • Julho e agosto: 19/10
  • Setembro e outubro: 20/10
  • Novembro e dezembro: 21/10

Não-prioritários

  • Janeiro e fevereiro: 22/10
  • Março e abril: 25/10
  • Maio e junho: 26/10
  • Julho e agosto: 27/10
  • Setembro e outubro: 28/10
  • Novembro e dezembro: 29/10

Leia mais: 

Minas confirma 1,8 mil casos e 52 mortes pelo coronavírus nas últimas 24 horas
Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em janeiro