O presidente recém-eleito da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, será empossado nesta sexta-feira (10). Por meio da Arquidiocese de Belo Horizonte ele deixou uma mensagem falando sobre suas responsabilidades e desafios a partir de então e diz se inspirar no Papa Francisco.
 
"Precisamos trabalhar unidos para que a Igreja seja, cada vez mais, missionária, 'em saída', conforme nos pede o Papa Francisco, inspirado no Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Para isso, nosso olhar deve permanecer voltado para os mais pobres, fortalecendo nossas ações no exercício da caridade, do amor, na busca da justiça, imprescindível para a construção da paz, tão necessária na atualidade. Cultivemos sempre um coração sensível às dores dos excluídos, das pessoas esquecidas, conscientes de que Jesus nasceu e cresceu entre os mais sofridos", disse.

Além disso, na mensagem, ele também pede inspiração a Deus para realizar o novo trabalho. "Peço a Deus que me abençoe na presidência da CNBB, inspirando-me na construção de um trabalho exemplar, à semelhança do que fizeram os irmãos bispos que me precederam, em profunda comunhão com o nosso amado Papa Francisco. Estarei sereno e buscando fazer o melhor, guiado pela luz da fé, nosso tesouro imperecível, entusiasmado e alegre em poder servir, sempre mais". 

Dom Walmor foi eleito nessa segunda-feira (6) em uma votação realizada em Aparecida do Norte, São Paulo, durante a realização da 57ª Assembleia geral da CNBB. Pelos próximos quatro anos, ele será o sucessor do arcebispo de Brasília (DF), cardeal Sérgio da Rocha. 

Leia mais:

Arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor é eleito presidente da CNBB
Missa marca reabertura da igreja de Córrego do Feijão, em Brumadinho