A taxa de ocupação de leitos de enfermaria subiu quase três pontos percentuais em 24 horas e chegou a 55,1% em Belo Horizonte nesta quarta-feira (21). A informação está no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA).

De acordo com o documento, a ocupação geral dos leitos de terapia intensiva está em 62,7% e apresentou uma leve queda desde terça-feira (20), quando registrou 64,1. 

Dos 730 leitos de UTI existentes na cidade, incluindo os de hospitais públicos e privados, 457 estão ocupados com pacientes em estado grave.

A taxa de transmissão também caiu, de 1,02 para 1,01, mas se mantém em patamar de atenção, em alerta amarelo, assim como os outros dois indicadores. No município, cada 100 pessoas contaminadas transmitem o coronavírus para outras 101.

Casos, mortes e vacinados

O número de casos de Covid-19 chegou a 252.847 e de mortes a 6.116. O total de pessoas vacinadas com a primeira dose em BH chegou a 1.326.153, o que corresponde a 58,1% do público-alvo. E 385.055 receberam as duas doses, o que corresponde a 23,8%.

E nesta quarta-feira (21) a PBH anunciou que o morador que não comparecer aos postos de saúde para tomar a aplicação da segunda dose vai ser colocado no fim da fila de imunização. 

Isso significa que quem perdeu o prazo vai ter que esperar a chegada de novas remessas do Ministério da Saúde e uma nova convocação para completar o esquema vacinal.