Dezesseis pessoas foram presas nesta quinta-feira (30) em Formiga e Pimenta, cidades do Centro-Oeste mineiro, suspeitas de associação ao tráfico de drogas. Uma delas era integrande do Primeiro Comando da Capital (PCC), um dos grupos criminosos mais violentos do Brasil.. A ação teve participação do Ministério Público de Minas Gerais, além das Policias Militar, Civil e Penal.

De acordo com as investigações, foram sete mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária, 11 cautelares diversas da prisão e 41 mandados de busca e apreensão. Seis investigados já haviam sido presos portando grande quantidade de drogas.

Vários alvos da operação, chamada Bangkok, já respondem por tráfico de drogas. Segundo a Polícia Civil, o homem identificado como membro do PCC já havia sido condenado por tráfico de drogas, roubo e porte de explosivos que seriam usados para atacar caixas eletrônicos.

Na ação, foram apreendidos, ainda, duas armas de fogo, munições, celulares, dinheiro e drogas como maconha, cocaína e crack. No total, foram cerca de 150 policiais empenhados. Agora, os presos serão encaminhados ao sistema penitenciário, e ficam à disposição da Justiça.

Leia mais:
Metade da população adulta de Minas está totalmente vacinada contra a Covid-19
Minas recebe mais 620 mil doses da Pfizer e AstraZeneca neste fim de semana