A Polícia Militar de Uberaba, no Triângulo Mineiro, procura pelos cinco suspeitos de roubar e agredir o padre Otair Cardoso da Cruz, de 43 anos, na manhã desta quinta-feira (26).

O religioso, que é pároco da Igreja Nossa Senhora de Lourdes, foi rendido na garagem da casa paroquial, enquanto se preparava para ir até o município de Santa Juliana para realizar atendimento, segundo informações da PM.

Ainda conforme os militares, ele foi amarrado e agredido com socos e chutes. Os suspeitos ainda ameaçaram cortar os dedos dele, querendo saber onde estava o cofre.

O grupo levou notebooks e outros eletrodomésticos, além do carro do sacerdote, que já foi localizado. 

Por causa das agressões, o padre foi levado para atendimento médico. 

Leia mais:
Polícia Civil investiga transporte e revenda de gás por milícia no Rio
Assaltante morre ao tentar roubar um motorista de aplicativo em Venda Nova