Palácio da Liberdade volta a receber o público no próximo sábado; circuito ainda será expandido

Lucas Sanches
@sanches_07
04/10/2021 às 19:47.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:00
 (Mauricio Vieira)

(Mauricio Vieira)

Antiga sede do governo de Minas Gerais, o Palácio da Liberdade, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, volta a receber visitantes a partir do próximo sábado (9). O anúncio foi feito pelo governador Romeu Zema nesta segunda-feira (4), durante evento no espaço.

Além do chefe do Executivo estadual, estavam na cerimônia o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, o presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG), Felipe Pires, e outras autoridades. Durante a solenidade, também foi confirmada a expansão do Circuito Liberdade, com a inclusão de outros espaços, além do anúncio de ações e projetos que serão colocados em prática para potencializar o turismo na área central da capital mineira, como o lançamento de duas rotas turísticas no circuito.

"Temos agora essa retomada do turismo e atividades culturais. O Circuito Liberdade se expande e sabemos que um atrativo serve de complemento a outros. E com as novas rotas turísticas, como a de parques e jardins, com 25 atrações, e a rota da cozinha mineira, criada junto com a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), temos a valorização da cultura e da tradição mineiras”, afirmou Zema.

Visitas

Inicialmente, o público poderá entrar no Palácio da Liberdade apenas aos fins de semana, em grupos reduzidos de até 12 pessoas, às 10h, 11h, 13h, 14h e 15h. As visitas têm duração de 40 minutos, com limpeza do espaço entre os passeios. 

Os jardins também receberão visitantes: serão dois grupos com 15 pessoas, nos horários das 10h15 e 13h15. O agendamento poderá ser feito pela plataforma Sympla.

De acordo com o governo do Estado, a Copasa será a nova patrocinadora master do Palácio da Liberdade. Por meio da parceria com a Arte e Cultura (Appa) e o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG), serão investidos aproximadamente R$ 1,5 milhão em ações educativas, voltadas a crianças e adolescentes, e de promoção do patrimônio cultural.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por