Mais 240 mil cestas básicas e 57 mil kits de higiene para as pessoas em maior vulnerabilidade econômica e social em Belo Horizonte começaram a ser distribuídas nesta quinta-feira (9). Assim como foi feito em relação às famílias de alunos da rede municipal, os beneficiados devem acessar o sistema para verificar qual é o dia, o horário e o endereço em que poderá retirar os alimentos. Neste primeiro dia de entrega do benefício, 27.508 famílias estão aptas a retirá-lo.

De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte, nessa nova etapa serão investidos R$ 20 milhões para ajudar as famílias a cumprirem o isolamento social. Um grupo começa a retirar os benefícios nesta quinta, enquanto outro poderá fazê-lo a partir de sábado.

Veja o cronograma:

cestas básicas

Para consultar a disponibilidade das novas cestas, a família deverá acessar esta página, usando o primeiro nome e o CPF do responsável pelo cadastro ou licenciamento de atividade informal. A família só poderá retirar a cesta após o acesso na plataforma on-line, considerando a necessidade de escala para que não haja aglomeração nas lojas.

No supermercado, o responsável cadastrado deverá apresentar um documento oficial de identificação com foto e CPF. Caso o responsável não possa fazer a retirada, outra pessoa poderá pegar o produto desde que apresente procuração simples (não sendo necessária a autenticação em cartório), os documentos originais do beneficiário e dele.

Alunos da rede municipal

Até terça-feira (7), 114.466 famílias de alunos da rede municipal já haviam feito a retirada das cestas, de acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania. Pouco mais de 25 mil famílias ainda não retiraram, mas têm até o dia 30 de abril para ir até a loja indicada no sistema. Quem teve problemas para pegar a cesta, pode contatar a prefeitura pelos canais de atendimento. 

Leia mais:
Comerciantes desrespeitam decreto de Kalil e abrem lojas em Belo Horizonte
CPF pode ser obtido nas agências dos Correios